Skip to main content
Search
la_importancia_de_la_vacuna_contra_la_gripe_o_influenza

Title

A importância da vacina contra a gripe

Revisado e aprovado por: Ana Sofia São Simão Horta - Departamento Médico

Como nos protegemos da gripe

Para nos protegermos de algumas infeções como a gripe não basta lavar as mãos, não se aproximar das pessoas infetadas ou evitar aglomerados de gente. A vacina contra a gripe é uma forma eficaz e acessível de prevenir a doença e evitar as suas consequências.

O que causa a gripe?

É uma doença causada pelo vírus influenza que ataca as vias respiratórias e tem repercussões em todo o organismo, debilitando-o. Normalmente, a gripe tem um período de incubação de 3 a 4 dias e uma duração de 4 a 7 dias, com uma fase crítica e uma longa convalescença. Uma pessoa infetada poderá contagiar outras um dia antes de notar os sintomas e até 5 a 7 dias após padecer da doença. As crianças poderão transmitir o vírus durante um período mais alargado de tempo.

O vírus da gripe ou influenza parece-nos algo tão quotidiano que nos esquecemos de que foi a causa de milhões de mortes ao longo da história da humanidade. Normalmente, é uma infeção sem gravidade, mas que pode complicar-se caso a nossa saúde esteja debilitada. A única prevenção eficaz é a vacina contra a gripe.

La importancia de la vacuna

Muitas vezes, confundimos a gripe com a constipação. Podemos estar infetados com o vírus da gripe se apresentarmos estes sintomas:

  • Dores musculares
  • Febre alta e dor de cabeça
  • Sensação de enorme cansaço
  • Sensibilidade à luz
  • Mal-estar geral e calafrios

Quem corre maior risco de complicações associadas à gripe?

  • Mulheres grávidas
  • Bebés
  • Pessoas com mais de 65 anos
  • Pessoas com doenças crónicas tais como: diabetes, doenças do foro pulmonar ou renal, cancro, etc
  • Pessoas obesas
  • Profissionais de saúde

Vacinar-se é a melhor prevenção

A vacina contra a gripe é o meio mais seguro para evitar a infeção. Esta vacina nunca poderá ser a causadora da doença, já que os vírus que contém estão mortos ou inativados. É necessário vacinar-se anualmente, já que o vírus muda de ano para ano e a proteção da vacina vai reduzindo decorridos alguns meses (normalmente dura até à primavera).

Quando o vírus entra no nosso organismo, necessitamos que este o saiba identificar como perigoso e que o ataque. Este é o trabalho realizado pela vacina, que estimula o sistema imunitário permitindo ao nosso corpo uma resposta rápida. Cerca de 70% das pessoas vacinadas, não chegam a ser infetadas pelo vírus e as restantes, os sintomas e a duração da doença serão bastante atenuados e a possibilidade de complicações pulmonares ou de outro tipo é reduzida consideravelmente.

Nada melhor do que vacinar-se anualmente no início do outono para prevenir e evitar que uma gripe se converta numa doença respiratória muito mais grave. A vacina é um método simples e eficaz que não devemos desprezar.