Skip to main content
Search
sintomas gripais

Title

Conheça todas as complicações da gripe e os sintomas gripais

A gripe é uma infeção aguda que afeta as vias respiratórias e é provocada por um vírus que se transmite, geralmente, pelo ar. Embora os sintomas da doença possam desaparecer ao fim de uma semana, em grupos de risco como os idosos e doentes crónicos a recuperação pode ser mais demorada e o risco de complicações é maior.

Sintomas gripais

Ainda que possam variar, ligeiramente, de pessoa para pessoa, os sintomas gripais mais comuns são os seguintes:

  • Tosse seca
  • Calafrios
  • Dor de garganta
  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Dor muscular
  • Secreção nasal
  • Algumas crianças com gripe também podem ter vómitos ou diarreia.

sintomas gripais

Visite a nossa secção sobre os sintomas da gripe e da constipação se pretender saber mais acerca das suas diferenças e características.

Complicações da gripe

Geralmente a gripe não origina problemas graves, bastando encontrar o melhor tratamento para combater os seus sintomas. No entanto, as pessoas mais vulneráveis a complicações ou as que sofram de uma gripe mais severa podem vir a desenvolver:

  • Pneumonia
  • Bronquite
  • Infeções nos ouvidos

Além disso, há determinados grupos de risco com mais possibilidades de sofrerem complicações associadas à gripe:

Adultos diabéticos

Mesmo que a diabetes esteja bem controlada, as pessoas diabéticas têm maior probabilidade de desenvolver complicações gripais graves, como pneumonias, bronquites ou sinusites.

A explicação assenta na relação da diabetes com o sistema imunitário, de que resulta uma diminuição da capacidade deste para combater infeções e controlar os níveis de açúcar no sangue.

Adultos asmáticos

As pessoas asmáticas podem vir a sofrer certas perturbações, nomeadamente: crises de asma, pneumonia ou outras doenças respiratórias.

Crianças

A gripe em crianças é mais grave do que uma constipação comum, exigindo cuidados médicos.

De facto, o risco de as crianças com idade inferior a 5 anos desenvolverem complicações graves associadas à gripe é elevado. Estas complicações incluem, entre outras, desidratação, otites ou pneumonia.

Outros grupos de risco

Além dos já referidos, existem outros dois grupos da população suscetíveis de virem a desenvolver complicações gripais:

Adultos maiores de 65 anos

As defesas do sistema imunitário enfraquecem com a idade, pelo que as pessoas maiores de 65 anos têm uma maior probabilidade de desenvolverem complicações graves associadas à gripe do que os jovens adultos saudáveis.

sintomas gripais

Estima-se que, nos últimos anos, entre 50% a 70% das pessoas hospitalizadas por causa da gripe tivessem mais de 65 anos, o que confirma a importância deste grupo de risco.

Existem muitos conselhos para a gripe e constipação, tais como medidas de prevenção e outras recomendações para ajudar a combater esta infeção.

Mulheres grávidas

Devido às alterações que ocorrem no corpo durante a gravidez (sistema imunitário, coração, pulmões…), estas mulheres são mais propensas ao desenvolvimento de complicações graves que decorrem da gripe.

A vacina administrada nas mulheres grávidas ajuda a proteger a mãe e o bebé da gripe.

Quando consultar o médico devido aos sintomas gripais

Se se está a interrogar em que momento deve recorrer ao médico, recomendamos que o faça sempre que tiver uma dúvida, mas, em especial, se os sintomas gripais se agravarem e derem origem a outros, como os seguintes:

Nas crianças:

  • Dificuldade em respirar
  • Pele azulada na cara ou nos lábios
  • Princípios de desidratação
  • Irritabilidade
  • Febre
  • Dor no peito

Nos adultos:

  • Dificuldade em respirar
  • Dor persistente no abdómen ou no peito
  • Tonturas frequentes
  • Convulsões
  • Debilidade excessiva

Em caso de agravamento ou do aparecimento de sintomas mais graves, recomendamos que consulte o seu médico, que irá aconselhá-lo de forma personalizada em virtude de conhecer o seu historial clínico.